Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cuidado com a Ampulheta

Lembrando que: Sempre desconfie das segundas. Sejam elas feiras, chances ou intenções.

2830

"Um príncipe, então, sendo obrigado a saber lutar como um animal, deve imitar a raposa e o leão, pois o leão não sabe proteger-se das armadilhas, e a raposa não consegue defender-se dos lobos. O príncipe, portanto, deve ser uma raposa para reconhecer as armadilhas e um leão para assustar os lobos." - Maquiavel, em O Príncipe.

Máquina do Tempo

por Cláudio Estigma Bastos, em 28.12.16

Se eu pudesse entrava em uma máquina do tempo e voltava atrás quatro anos, cinco, seis, sete, isso, sete, numero perfeito. Numa altura em que estivesses solteira de preferência. Dizia-te que tu és o amor da minha vida e eu o teu . Mostrava-te onde me podias encontrar e pedia-te que me amasses mais cedo. Eu sei que te amaria em qualquer altura, em qualquer lugar nessa dimensão que é o tempo. Tu , terias mudado a minha vida.

É um exercício curioso pensar no que teria sido a vida se te tivesse encontrado antes, na adolescência por exemplo. Seria amor passageiro, caso de uma só noite? Ou ias perseguir-me a mente e fazer-me pensar e escrever sobre coisas como viajar no tempo ? Terias estudado comigo e proibido de faltar as aulas fazendo de mim o aluno prodígio o tinhas sido o motivo que me faltava para nunca mais la meter os pés de vez? És a professora mais sensual do mundo com os teus óculos graduados que só usas em casa e as tuas aulas ensinaram-me muito mais lições para a vida do que todos os anos em que estudei matemática.

Se eu tivesse tempo, eu dava-to todo: não há tempo que chegue para eu te amar como eu queria. Eu dou-te todo o tempo do mundo para que me ames quando e o quanto poderes. Para que me ames, eu tenho todo o tempo do mundo.
Já te contei sobre aquela vez em que cheguei atrasado ao trabalho porque perdi a noção do tempo a olhar para ti a dormires?

No Natal , dá-me um relógio. Quando tiveres de ir a algum sitio e te despedires de mim tiro-lhe as pilhas e só as volto a por quando voltares. Acho que fica uma espécie de forma de viajar no tempo, não ? O tempo é meu e eu gasto como que eu quiser, e eu quero gastá-lo contigo . O meu tempo é teu , prometo.
Eu aprendi a ver as horas porque sabia que quando os ponteiros marcassem as cinco da tarde era hora de lanchar e quando marcassem as oito , era hora de jantar. Ainda bem que gostas de chá, graças a Deus que cozinhas tão bem.
Um dia viajo no tempo e vejo-te menina pequena outra vez, mas com os meus olhos e vou contigo adulta levar-te à escola, um dia dás-me uma versão minha de como eu era a vinte e alguns anos que também se vai apaixonar por ti como eu me apaixonei , vão os dois chamar-te mãe.
Um dia o tempo pára para não te perder, não te esquecer, para puder amar-te como eu queria, e não tenho tempo.